AntiCast 304 – Queermuseu: Arte e Moral

Neste programa, Ivan Mizanzuk, Marcos Beccari (Não Obstante), Gustavot Diaz e Clarice Sena conversam sobre a polêmica exposição Queermuseu, realizada no Santander Cultural de Porto Alegre com o intuito de expor obras que dialogavam sobre identidades de gênero, e fechada antecipadamente após pressão do MBL por conta de denúncias de que havia obras que promoviam pedofilia, zoofilia e desrespeito a imagens cristãs. As pessoas entendem o que é arte hoje em dia? Elas devem entender? A culpa é da arte moderna? A discussão é política? Financiamento público para eventos culturais é algo absurdo?

>> 0h05min48seg Pauta principal

Links
Behance da Clarice

Sete músicas do Bonde do Rolê que o MBL censuraria

Festival (realizado com financiamento público) em que a banda do fundador do MBL tocou

Sinopse e relação preliminar de obras do Queermuseu

‘Não há pedofilia’, diz promotor após visitar exposição de diversidade sexual cancelada em Porto Alegre

Buzzfeed – Veja 30 obras da exposição censurada no Santander Cultural (dentro do contexto) e tire suas próprias conclusões

Curador da Queermuseu e MBL discutem exposição no Esfera Pública

A influência do MBL no governo Marchezan

Braincast sobre a Lei Rouanet

Texto do Gustavot “A Falta de Cultura dos Editais para a Arte”

Texto do Gustavot “A Cultura do Edital para Arte”

Texto do Beccari: “Quem tem medo da arte contemporânea?”

Workshop do Gustavot em Curitiba

Site Gustavot Diaz 1 (textos)

Site Gustavot Diaz 2 (onde tem os cursos)

Instagram Marcos Beccari

Site Marcos Beccari