SMJ #50 – Bruxaria e Feitiçaria

Neste programa de encerramento do primeiro semestre do SMJ, abordamos uma das práticas mais antigas da humanidade: a magia. Trata-se de um importante fenômeno cultural que acaba por gerar uma série de estudos e respostas jurídicas e institucionais. Intimamente conectados no início, como prática ritualística, direito e magia sempre dialogaram e produziram tensões, com estudos, tribunais, procedimentos e impacto político.

Saber melhor como o saber e as práticas jurídicas foram se cientificizando e, ao mesmo tempo, afastando-se de todo o legado “irracionalista” da magia, contribui para se ter um diagnóstico crítico de nossas premissas epistemológicas do presente.

Para estudar a história e o presente desta tensão, o SMJ trouxe pra sua bancada três convidados com que nos apresentam o secreto mundo da bruxaria e feitiçaria: Danielle Araújo*, Gabrielle Stricker do Valle** e Ivan Mizanzuk***

Ouça já!

=========
Indicado no programa:
Livros:
Evans Pritchard – Bruxaria, Oráculos e Magia entre os Azande
François Ost – Contar a Lei
Pierre Calamandrei – Eles, os juízes, visto por nós, os advogados.
Autobiografia do Crowley: “Confissões – uma autohagiografia”.
Richard Kaczynski – Perdurabo
Arthur Miller – Bruxas de Salém
Jules Michelet – A Feiticeira
Podcast:
AntiCast 160
Mundo Freak 93 – Aleister Crowley
Filmes:
Maria Joana dos Anjos
Haxan
=========
Comentários, sugestões, críticas: [email protected]
Twitter: @SMJPodcast
Facebook: https://www.facebook.com/salvomelhorjuizo/
Instagram: @salvomelhorjuizo
Assine o Feed: feeds.feedburner.com/salvomelhorjuizo
Compartilhe, divulgue, ajude-nos nesse projeto!
Agora o SMJ faz parte da rede de podcasts AntiCast! Acesse: www.anticast.com.br

*Danielle Araújo é pesquisadora e professora na área de história do direito e direito público. Mestre e doutora em Direito pela Universidade Federal do Paraná, desenvolveu pesquisas sobre a bruxaria no Império Português no século XVIII.
**Gabrielle Stricker do Valle é advogada criminalista. Mestranda em Direito Penal, estudando sobretudo a história das codificações penais no Brasil do século XX.
***Ivan Mizanzuk é professor de História da Arte e podcaster fundador do Anticast. Em seu mestrado de ciência das religião, estudou o pensamento e a ética em Aleister Crowley.