SMJ #45 – Operação Mãos Limpas

Nos anos 1990 a Itália passou pela maior operação de combate à corrupção da história. Conhecida como “Mani Pulite” ou “Mãos Limpas”, este grande evento judicial foi responsável por alterar a história da república italiana, extinguindo um sistema partidário e iniciando uma nova etapa política do país.

Apesar do impacto evidente que esta operação ocasionou, com milhares de prisões e investigações, a corrupção na Itália está longe de acabar e muitas são as críticas aos efeitos dessa atividade do Poder Judiciário como, por exemplo, a ascensão de Silvio Berlusconi ao poder. Porém, em que medida esta narrativa faz sentido?

Ainda, o cenário brasileiro tem a sua própria Mãos Limpas, a Operação Lava Jato. Quais são as relações entre elas? O que as similaridades e diferenças podem nos ensinar?

Para entender a fundo e no detalhe a história da Operação Mãos Limpas e suas relações com a Operação Lava Jato, o Salvo Melhor Juízo recebeu em sua bancada um especialista nesse assunto: Rodrigo Chemim*

Ouça já!

=========
Indicado no programa:
Livros:
“Mãos Limpas e Lava Jato” – Rodrigo Chemim
“Operação Mãos Limpas” – Gianni Barbacetto, Peter Gomez, Marco Travaglio
“Lettera a un figlio su Mani Pulite” ¬¬- Gherardo Colombo
“Cosa Nostra no Brasil” – Leandro Demori
Evento do lançamento do livro “Mãos Limpas e Lava Jato”: https://www.facebook.com/events/1327622023985259/
=========
Comentários, sugestões, críticas: [email protected]
Twitter: @SMJPodcast
Facebook: https://www.facebook.com/salvomelhorjuizo/
Instagram: @salvomelhorjuizo
Assine o Feed: feeds.feedburner.com/salvomelhorjuizo
Compartilhe, divulgue, ajude-nos nesse projeto!
Agora o SMJ faz parte da rede de podcasts AntiCast! Acesse: www.anticast.com.br

*Rodrigo Chemim é procurador de justiça do Ministério Público do Estado do Paraná e professor de direito processual penal no UNICURITIBA. É mestre e doutor em Direito Processual Penal pela Universidade Federal do Paraná. É autor do recém lançado livro “Mãos Limpas e Lava Jato: a corrupção se olha no espelho”.