AntiCast 274 – O Primeiro Serial Killer Brasileiro: Febronio Indio do Brasil

Neste programa, Ivan Mizanzuk, Tupa Guerra (Mundo Freak e Ponto G) e Pablo de Assis (Papo Lendário) conversam com Pedro Ferrari, cuja pesquisa de doutorado foi sobre Febronio Indio do Brasil, considerado por muitos como o primeiro serial killer brasileiro. Na década de 1920, ficou famoso por todo o Brasil, e especialmente no Rio de Janeiro, onde vivia, por ter assassinado duas crianças após ter tatuado em seus corpos as letras D C V X V I. De acordo com a religião que ele mesmo fundou, essas siglas significariam “Deus, Caridade, Virtude, Santidade, Vida e Ímã da Vida”, e esses rituais tinham como função evitar o fim do mundo. Uma história marcada por internações psiquiátricas, abusos de infância e fanatismo religioso, que até hoje nos espanta por todos os elementos envolvidos.

>> 0h05min52seg Trailer da 4ª Temporada do Projeto Humanos
>> 0h12min46seg Pauta principal

Links
Livro “Revelações do Príncipe do Fogo” digitalizado pelo Pedro

Livro “Revelações do Príncipe do Fogo” no Mercado Livre

Tese do Pedro sobre o Febronio

Grupo Vigor Mortis