Feito por Elas #11 Naomi Kawase

Nessa edição conversamos sobre a diretora japonesa Naomi Kawase, que explora de maneira contemplativa temáticas sobre velhice, perda, luto e laços familiares e utiliza o cinema como uma forma de lidar com sua própria trajetória e o passado de sua família. Com seu primeiro longa, Suzaku (Moe no suzaku, 1997) se tornou a pessoa mais jovem a receber o prêmio Câmera de Ouro no Festival de Cannes. Também conversamos sobre Floresta dos Lamentos (Mogari no mori, 2007), vencedor do Grande Prêmio do Juri no mesmo festival e Sabor da Vida (An, 2015), seu filme mais recente.

O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da Sala,  Michelle Henriques, do Leia Mulheres e O Espanador e Stephania Amaral do site homônimo e Instagram Discos da Ste.

Edição: Angélica Hellish

Feedback: [email protected]

Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd

Arte da capa: Amanda Menezes

Vinheta: Mey Linhares

Assine nosso Padrim

Assine nosso Patreon

Mencionados:

[FILME] Era uma Vez em Tóquio (Tôkyô monogatari, 1953), de Yasujirô Ozu

[FILME] A Cruz dos Anos (Make Way for Tomorrow, 1937), de Leo McCarey

[FILME] Morangos Silvestres (Smultronstället, 1957), de Ingmar Bergman

[FILME] A Ovelha Negra (Hrútar, 2015), de Grímur Hákonarson

[FILME] A Balada de Narayama (Narayama bushikô, 1958) de Keisuke Kinoshita

[FILME] O Sushi dos Sonhos de Jiro (Jiro Dreams of Sushi, 2011), de David Gelb

[FILME] O Curioso Caso de Benjamin Button (The Curious Case of Benjamin Button, 2008), de David Fincher

[FILME] Floresta Maldita (The Forest, 2016), de Jason Zada

[MINISSÉRIE] A História do Cinema: Uma Odisseia (The Story of Film: an Odyssey, 2011), de Marc Cousins

[LIVRO] Esculpir o Tempo, de Andrei Tarkovski

[LIVRO] O Guarda-Chuva do Vovô, de Carolina Moreyra

[REFERÊNCIA] Neorrealismo italiano

[REFERÊNCIA] Mar de Árvores

Recomendações:

[VÍDEO] TEDxTokyo de Naomi Kawase: o valor dos filmes (legendas em inglês)