Feito por Elas #36 Ava DuVernay

No programa de hoje conversamos sobre a filmografia da cineasta estadunidense Ava DuVernay, que atingiu sucesso no circuito alternativo e nos últimos anos tem se destacado em produções mainstream. Seus filmes criam micro-cosmos em torno da subjetividade dos personagens, ao mesmo tempo em que levantam importantes temas políticos, seja sobre gênero, questões étnico-raciais ou direitos civis.Abordamos seu primeiro longa metragem, I Will Follow (2010), Selma: Uma luta pela igualdade (Selma, 2014), com o qual  alcançou pleno reconhecimento do público, e o documentário A Décima Terceira Emenda (13th, 2016). O programa é apresentado por Isabel Wittmann do Estante da SalaStephania Amaral do site homônimo e Instagram Discos da Ste e Samantha Brasil do Delirium NerdSobre Elas e Cineclube Delas. Tivemos a participação da convidada antropóloga e pesquisadora de cinema Ana Paula Alves Ribeiro, do Antropologia do Cinema e Instagram pessoal.

Edição: Felipe Ayres

Feedback: [email protected]

Feed|Facebook|Twitter|Instagram|Letterboxd

Vinheta: Mey Linhares

Assine nosso Padrim

Assine nosso Patreon

Mencionados:

[FILME] Bessie (2015), de Dee Rees

[FILME] What Happened, Miss Simone? (2015), de Liz Garbus e Hal Tulchin

[FILME] Blaxploitalian (2016), de Fred Kudjo Kuwornu

[FILME] Eu Não Sou Seu Negro (I Am Not Your Negro, 2016), de Raoul Pack

[FILME] As Sufragistas (Sufragette, 2015), de Sarah Gavron

[FILME] O Nascimento de Uma Nação (Birth of a Nation, 1915), de D. W. Griffith

[FILME] Negros (2008), de Mônica Simões

[FILME] Dogville (2003), de Lars von Trier

[FILME] Detroit em Rebelião (Detroit, 2017), de Kathryn Bigelow

[SERIADO] Top of the Lake (2015), de Jane Campion e Gerard Lee

[SERIADO] O Conto da Aia (Handmaid’s Tale, 2017), de Bruce Miller

[SERIADO] A Anatomia de Grey (Grey’s Anatomy, 2005), de Shonda Rhimes

[LIVRO] Ensinando a Transgredir, de bell hooks

[PÁGINA] Eu Empregada Doméstica

[REFERÊNCIA] Oscars So White

[REFERÊNCIA] Black Lives Matter

[PALESTRA] Os perigos da história única, de Chimamanda Adichie

[VÍDEO] Apresentação da música “Glory”, com John Legend e Common nos Oscars

Recomendações:

[CRITICA] Queen Sugar: uma série feita por mulheres sobre racismo e machismo, por Samantha Brasil